CONCERTO COM OMIRI NA APRESENTAÇÃO DO FESTIVAL MED NO CINE-TEATRO LOULETANO

É apresentado no próximo dia 26 de maio, pelas 21h30, no Cine-Teatro Louletano, a 15ª edição do Festival MED. Neste momento em que é dado a conhecer ao público o cartaz final do evento, irá subir ao palco o músico português Omiri, para um concerto que terá como convidada especial Celina da Piedade.
O espetáculo será apresentado por Raquel Bulha e Edgar Canelas, duas vozes conhecidas da rádio e da televisão e que têm marcado presença ao longo dos anos no Festival MED.
Omiri é um dos mais originais projetos de reinvenção da música tradicional portuguesa. "Um músico, dois bailarinos e uma mão cheia de velhinhas". Para reinventar a tradição, nada melhor que trazer para o próprio espetáculo os verdadeiros intervenientes da nossa cultura: músicos e sons de todo o país a tocar e a cantar como se fizessem parte de um mesmo universo. Não em carne e osso mas em som e imagem, com recolhas transformadas e manipuladas em tempo real, servindo de base para a composição e improvisação musical de Vasco Ribeiro Casais.
Também se propõe um baile onde todos os temas tocados são dançáveis, segundo o ritmo e o balanço das danças tradicionais e não só (Repasseados, Drum n’bass, Malhões, Viras, Break Beat, Corridinhos...).
Omiri é, acima de tudo, remix, a cultura do século XXI, ao misturar num só espetáculo práticas musicais já esquecidas, tornando-as permeáveis e acessíveis à cultura dos nossos dias, isto é, sincronizando formas e músicas da nossa tradição rural com a linguagem da cultura urbana.
Em Omiri a música e cultura portuguesa é rica e gosta de si própria.
Junta-se à festa a carismática Celina da Piedade que já pisou o palco do MED em 2015. Tem levado o seu acordeão e a sua voz até aos mais diferentes contextos, algures entre as formas e cores tradicionais, em viagens pelas memórias da música de raiz portuguesa e um sentir mais moderno e universalista. Desenha uma música cheia de alma e de personalidade, que, em palco, ganha com a sua formidável presença. Pelo facto de Celina da Piedade cantar o sul como poucos têm sido convidada a levar a música Alentejana aos mais diversos pontos do globo, destacando-se entre outros, Argélia, Brasil e Espanha.
Os bilhetes têm um custo de 5 euros e já estão à venda no Cine-Teatro Louletano e em www.bol.pt
Mais informações em https://www.facebook.com/festivalmedloule/



Organização

Parceiros Media


Parceiros